null

Sobre o Projecto

Como já dizia Fernando Pessoa “Deus quer, o Homem sonha e a obra nasce”

O “Bamu Non? Viagens de Ecoturismo e Voluntariado em São Tomé e Príncipe” é de facto um sonho tornado realidade.

Vou contar-vos como surgiu esta ideia;

Desde 2006 que vou regularmente de férias a São Tomé, onde reside cerca de 70% da minha família. Nessas viagens, comecei por levar algumas ofertas nas malas, depois comecei a enviar caixotes por barco e em 2015 os caixotes deram lugar a contentores marítimos.

Desde então, e já com uma associação criada “Ajudar a Amparar os Príncipes de África”, envio todos os anos, um contentor carregado com toneladas de material escolar, alimentos, vestuário, brinquedos, artigos de primeiros socorros e higiene pessoal, etc. Depois de completar a missão, publico um pequeno vídeo, sobre a entrega desses bens na página da associação. Recebo sempre muitas mensagens; uns, a dizer que têm o sonho de fazer voluntariado em África; outros, suspiram dizendo que adoravam conhecer a famosa Ilha de chocolate…

Passei 2 anos a idealizar este projeto e… surgiu o “Bamu Non?”, em português “Vamos?”. Aliei ao Ecoturismo, a experiência do Voluntariado, combinado com uma boa dose de Aventura. Este projeto tem como finalidades: dar a conhecer a “minha” belíssima ilha, proporcionar memórias inesquecíveis, ao mesmo tempo que se ajuda o povo Santomense através do programa de voluntariado, que iremos desenvolver junto das famílias, comunidades e instituições.

ATENÇÃO: Viajar connosco pode gerar, alegria, novos amigos e boas recordações.

Ficaremos hospedados numa simpática Roça Familiar (Monte Alegre), fora da cidade, rodeados pela magia e tranquilidade da floresta tropical. Teremos comida caseira, frutas da época, peixe fresco, os deliciosos bolos da Mãe Joana, legumes e chás colhidos na hora. Os alojamentos estão divididos por 3 habitações, todas com as condições de higiene, segurança e conforto. Todas as janelas e portas exteriores têm rede mosquiteira.

Todas as ações de voluntariado, passeios, refeições, etc., serão realizadas em conjunto e ninguém será deixado para trás.

Para participarem numa das viagens do “Bamu Non?”, não precisa ter nenhuma qualidade extraordinária. Basta gostar de viajar, ser amante da natureza, ter bom coração e espírito aventureiro. Dou o meu exemplo! Não sou animador, mas já fiz muita gente sorrir. Não sou enfermeiro, mas já fiz centenas de curativos. Não sou veterinário, mas já desparasitei dezenas de cães. Não sou psicólogo, mas já ouvi e aconselhei muitas pessoas… Com vontade, podemos fazer um pouco de tudo e todas as competências pessoais e profissionais, serão bem-vindas.

Este projeto é diferente do voluntariado comum, pois não está associado apenas a uma instituição ou a uma zona geográfica, estaremos sempre em movimento e vamos abranger diversas zonas, instituições e famílias. E é diferente do turismo habitual, pelas razões descritas anteriormente. Será uma aventura fabulosa e inesquecível!

“Viagem boa, tem de ter amigos, os que vão connosco e os que fazemos pelo caminho.”

Quem Sou?

Sou o Hamilton Costa, 45 anos, natural da Roça Santa Catarina – São Tomé e Príncipe, a viver em Viseu deste os 5 anos. Sou apaixonado pela “minha ilha de chocolate” e pelo seu povo.

São Tomé e Príncipe é um lugar mágico e único… Com o “Bamu Non?”, vais ter oportunidade de a conhecer verdadeiramente e terás uma perspetiva diferente, da que o turista comum vê e sente. Tudo isto, respeitando sempre a cultura do país e a diversidade de cada individuo.

Se tiveres perguntas, dúvidas ou sugestões envia-me um e-mail. Terei muito gosto em comunicar contigo.

Se quiseres saber mais sobre esta aventura, segue-me no Facebook e no Instagram.

Quem Sou?

Sou o Hamilton Costa, 45 anos, natural da Roça Santa Catarina – São Tomé e Príncipe, a viver em Viseu deste os 5 anos. Sou apaixonado pela “minha ilha de chocolate” e pelo seu povo.

São Tomé e Príncipe é um lugar mágico e único… Com o “Bamu Non?”, vais ter oportunidade de a conhecer verdadeiramente e terás uma perspetiva diferente, da que o turista comum vê e sente. Tudo isto, respeitando sempre a cultura do país e a diversidade de cada individuo.

Se tiveres perguntas, dúvidas ou sugestões envia-me um e-mail. Terei muito gosto em comunicar contigo.

Se quiseres saber mais sobre esta aventura, segue-me no Facebook e no Instagram.

Mais Informações

1. Datas e vagas 2022

28 Julho a 7 Agosto Estadia 11 Dias 10 Noites 935€

17 a 27 Agosto Estadia 10 Dias 9 Noites 850€

8 a 17 Setembro Estadia 10 Dias 9 Noites 850€

Dezembro/Janeiro Para Breve

2. O valor da estadia inclui:

– Acompanhamento durante toda a viagem com o tour líder (Hamilton Costa)

– Transferes em São Tomé, de e para o aeroporto

– Dormidas na Roça familiar “Monte Alegre” com 3 refeições diárias, incluindo água engarrafada, chá de ervas naturais e café solúvel e sem bebidas alcoólicas ou sumos

– Viaturas todo o terreno e combustível

– Visita às antigas Roças produtoras de cacau e café, e outros pontos de interesse

– Passeios a pé e de jipe, pela floresta, cascatas, praias, Cidade capital e mercados

– Travessia de canoa para o Ilhéu das Rolas, onde vamos mergulhar em belíssimas praias, quase desertas com água morna e translúcida, onde teremos o privilégio de visitar o “Marco da Linha do Equador”

Vamos estar com um pé em cada hemisfério.

– Almoço na Praia Café (Ilhéu das Rolas), pescado e feito na hora, pelos locais (sem bebidas)

– Visita a instituições e comunidades, onde iremos interagir com os locais

– Workshop de 1 hora sobre chás e ervas medicinais com a Sra. Tônha

– Visita Guiada às Roças: Monte Alegre, Monte Café, Água Izé e Agostinho Neto. Ao Jardim Botânico, Ilhéu das Rolas e Rio Manuel Jorge. Cascatas: São Nicolau, Gueguê, Milagrosa e Praia Pesqueira.

– Workshop de 1 hora sobre comida africana com a Mãe Joana

– Duas noites com jantar e pequeno almoço (sem bebidas) num ecolodge paradisíaco com um maravilhoso nascer e pôr do sol, onde podemos ter a sorte de assistir à desova das tartarugas (de novembro a fevereiro). Nas viagens de 8 dias, será apenas 1 noite

– Ações de voluntariado em várias vertentes, por toda a ilha

– Seguro Multiviagens Cássico, para quem comprar os vôos através da Agência Bestravel Viseu

Nota – Algumas visitas e passeios, podem sofrer alterações ou nem se realizarem, mediante as condições climatéricas (ex. chuvas tropicais torrenciais ou derrocadas) e a dinâmica do grupo. A visita a alguns dos lugares mencionados, pode também não se realizar em caso de viagens com dias mais reduzidos.

3. Não inclui:

– Voos TAP Lisboa/S. Tomé/Lisboa (variam entre os 450€ e os 950€ consoante a época e a antecedência da reserva)

– Lanches e alimentação não referenciada

– Todas as Bebidas alcoólicas às refeições na Roça Monte Alegre

– Todas as bebidas nas refeições fora da Roça Monte Alegre.

– Tudo o que não está mencionado no ponto anterior (Inclui)

4. Pagamento da Estadia

– Sinalização de 200€ no ato da reserva dos voos, não reembolsável em caso de cancelamento desde que não seja da responsabilidade do organizador.

– Pagamento do restante valor, até 45 dias antes da data da viagem (pode pagar em prestações).

5. Informações gerais:

A língua oficial é o português

Necessitam ter passaporte válido

Aconselhável ir à consulta do viajante

Aconselhável seguro de viagem

Não é necessário visto em estadias inferiores a 15 dias

Moeda local é a Dobra. Ex. 1€ = 25dobras

Aceitam euros

6. Responsabilidade da compra dos Voos?

A responsabilidade da compra dos voos é da pessoa interessada, no entanto, poderei ajudar nessa logística através da parceria com a Agência de viagens, Bestravel de Viseu.

Basta entrar em contacto 966381171 (Hamilton) ou directamente com a Sandra Carvalho 965046845 (Bestravel) que irá tratar de tudo de forma breve e simples.

null

Clima

A estação seca ocorre no mês de janeiro e entre junho e setembro e as temperaturas variam entre os 21ºC de mínima e os 28ºC de máxima). A juntar a isto metam a humidade e dá sempre um real feel de quase 40ºC
null

Dinheiro

Devem levar notas baixas de 5€ ou 10€ para ser mais fácil darem-vos troco que normalmente será em Dobras. Mas o ideal é trocarmos os euros em dobras.
null

Saúde

Aconselho que faças uma consulta do viajante antes da viagem. Levar muito repelente e roupa clara. Não te esqueças de fazer um seguro de viagem!
null

Visto

Não é necessário um visto válido caso pretendas ficar menos de 15 dias. Nos termos da deliberação do Governo de São Tomé e Príncipe sobre a supressão de vistos, os cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Roça - Casas - Quartos e Casas de Banho

A Roça está no interior da floresta, num ambiente familiar, tranquilo, seguro.
Existem 4 casas na Roça (Monte Alegre). A “Casa Grande” onde mora o meu Avô (93 anos), a casa da Tia Lídia, a casa da Tia Bete e a casa da Mãe Joana. A higiene, simpatia e tranquilidade são uma constante no nosso quintal.

Paisagens

A Ilha de São Tomé dispensa apresentações e não há adjetivos suficientes para descrever a sua beleza natural e o seu encanto sobre os que a visitam. O verde da floresta é soberbo, o azul do mar, estonteante, as pessoas são meigas, simples e sempre alegres. São Tomé tem uma magia que só irão descobrir quando estiverem lá. Preparem as camaras fotográficas que vão ter muito que fotografar.

Voluntariado

Aqui têm uma pequena amostra das ações de voluntariado que poderemos desenvolver. Tudo depende da dinâmica do grupo e da experiência de cada aventureiro. Vamos doar bens que cada um pode levar na sua bagagem e desenvolver várias ações como: pintar uma escola, trabalhar com crianças, animais ou comunidades. O nosso lema é “do pouco faz-se o suficiente”

Crianças (Príncipes de São Tomé)

O melhor do Mundo, são as crianças. Em São Tomé vamos ficar agradavelmente surpreendidos pela alegria, simplicidade, brilho no olhar e nos sorrisos dos “Príncipes da Ilha Verde”.

Gastronomia

Sabores únicos, peixe fresco, legumes da horta, variedade de bananas e outras frutas da época, muitas ervas aromáticas, especiarias e molhos deliciosos. Cozinheiras experientes, dedicadas e amáveis. Prepara-te que vais aumentar uns quilos.

Videos

Parcerias

Testemunhos

  • Testimonial 07
  • Testimonial 06
  • Testimonial 05
  • Testimonial 04
  • Testimonial 03
  • Testimonial 02
  • Testimonial 01
"Rapidiously integrate multimedia based resources whereas low-risk high-yield technologies. Proactively innovate market positioning products"Nome 7
Idade / Cidade / País
"Enthusiastically syndicate inexpensive services and bandwidth phosfluorescently develop cooperative content vis-a-vis best-of-breed alignments."Nome 6
Cidade / País
"Compellingly fashion low-risk high-yield "outside the box" thinking after synergistic users. Quickly empower web-enabled manufactured products alignments" Maria Madeira
Agency
"Rapidiously integrate multimedia based resources whereas low-risk high-yield technologies. Proactively innovate market positioning products" Lucas Noel
Agency
"Energistically engage diverse vortals and prospective methods of empowerment pontificate diverse" João Barradas
Bamunon
"Enthusiastically syndicate inexpensive services and bandwidth phosfluorescently develop cooperative content vis-a-vis best-of-breed alignments." Lucas Doe
Marketplace
"Rapidiously integrate multimedia based resources whereas low-risk high-yield technologies. Proactively innovate market positioning products"Carina Lucas
Boldway

Perguntas Frequentes

Como posso reservar os voos e o meu lugar na aventura do Bamu Non?

Depois de escolheres a data e saberes as vagas disponíveis, terás de entrar em contacto comigo, através do email [email protected] , ou pela página do Facebook, Instagram ou através do tel. nº 966381171. Podes comprar os voos em sites ou em agências de viagens, mas se precisares de ajuda nessa parte, também estou disponível para o fazer por ti (sem custos adicionais). 30 dias após a compra dos voos, terás de pagar 25% do valor da estadia. O restante será pago, até 60 dias antes da data da partida.

Esta viagem é para mim?

Esta viagem é para quem quer explorar novas culturas, que goste de aventura, e que tenha sentido humanitário. Se gostas de viajar, fazer amigos, e experiencias inesquecíveis, independentemente da idade, esta viagem é para Ti. Se levares boa disposição, espírito de grupo e se fores descontraído, vais ter uma viagem inesquecível. É importante que percebas que isto é uma viagem de aventura, ecoturismo e voluntariado, por isso poderá haver imprevistos… A internet, não será tão rápida como em tua casa, ou até não funcionar em todas as zonas, poderás encontrar animais que não estás habituado a ver, a água do chuveiro poderá não ter tanta pressão ou não estar tão quente como em tua casa. Pode não haver ar condicionado, e por vezes, a alimentação não será a que estás habituado, etc. Mas se fosse para ser tudo como é em nossas casas, não valia a pena viajarmos. É importante referir, que São Tomé é uma Ilha Tropical, tem as suas épocas (chuvas, secas, tempo moderado, etc.), mas eventualmente, pode haver uma chuvada inesperada que altere os planos pré-estabelecidos. Mas o que seria uma viagem sem percalços e aventura?! É muito importante que estejas ciente destas informações, porque não queremos um viajante mal informado e rabugento a estragar o ambiente divertido e relaxado desta aventura

Onde vamos ficar hospedados?

Vamos ficar hospedados numa pequena Roça Familiar (Monte Alegre) na zona de Folha Féde, na Cidade da Trindade (a 15 minutos da Cidade Capital). Estaremos rodeados pela Floresta tropical, em ambiente Familiar, Seguro, Limpo e Tranquilo.

* Os Alojamentos estão divididos por 3 habitações: A casa da Mãe Joana, da Tia Bete/Tio Alfredo e da Tia Lídia.

Os Tios vivem nas casas onde alguns dos aventureiros irão ficar instalados e tratar-vos-ão com todo o carinho, respeito e atenção. Todas as casas têm as janelas e portas exteriores com rede mosquiteira e se tiverem o cuidado de as manter sempre fechadas, não terão problemas com mosquitos ou outros insetos.

Nenhum dos alojamentos tem ar condicionado ou outro aparelho de ventilação.

Teremos as condições necessárias para descansarmos com conforto e segurança.

* Os quartos serão partilhados, (sempre por pessoas do mesmo sexo, ou amigos que assim o desejem). As 9 casas de banho, também serão partilhadas com exceção das que são dos quartos com wc privativa/suites.

Nem sempre a água do banho será tão quente ou terá tanta pressão como em nossas casas.

Quem fizer questão de ter um quarto single, tem uma taxa diária de 15€.

Na Roça existem: cães, galinhas, cabras, uma gata e um macaquinho (Chiquinho), por isso é natural que os oiçam durante o dia e a noite.

* Repito, não vamos estar num hotel, vamos viver e conviver numa Roça familiar, rodeados de natureza, em ambiente familiar, acolhedor, seguro e descontraído.

Vejam fotos da Roça e das Instalações no site www.wordpress-752114-2536227.cloudwaysapps.com

* O fornecimento de energia elétrica em São Tomé é feito unicamente por geradores. É possível haver constrangimentos ocasionais em que ficaremos sem luz. Na Roça, temos um gerador de emergência, mas poderá nem sempre estar disponível.

Todas as ações de voluntariado, passeios, refeições, etc, serão realizadas em conjunto e ninguém será deixado para trás.

* Não serão possíveis ações particulares onde precisem de usar as viaturas ou logística do grupo.

E se eu quiser um quarto individual?

Se quiseres um quarto individual, e se houver essa disponibilidade, terás de pagar o suplemento single (15,00) por dia.

Quando devo comprar o voo?

Assim que estejas decidido a embarcar com o “Bamu Non?”, deves avançar para a compra dos voos. Não querendo pressionar ninguém, há que lembrar que, a antecedência com que se decidires e compres os voos, é um factor determinante para poupares algumas dezenas, se não, centenas de euros nas passagens. Caso precises, posso ajudar na compra, através de um contacto com a agência de viagens (sem custos extra)

Posso inscrever-me sozinho/a?

Claro que sim, a maior parte dos nossos aventureiros viaja sozinho. É uma viagem/aventura para fazermos novas amizades cá e lá.

Com quem irei partilhar a minha viagem?

A partir do momento que compres os voos, serás sempre acompanhado pelo organizador do projeto. Depois, farás parte do grupo de conversa dos aventureiros que viajam na mesma data. Sabemos que cada individuo tem o seu feitio, as suas particularidades, mas sabemos de antemão que o espirito será muito semelhante em todo o grupo. A faixa etária dos nossos aventureiros, vai dos 9 aos 90 anos. Garanto-te que o ambiente será muito divertido e que no fim da viagem vais acabar com um novo grupo de amigos.

O grupo viaja todo junto?

Sim. O ponto de encontro será nas partidas do Aeroporto de Lisboa, 3 a 4 horas antes do voo, para uma pequena reunião e fazermos o check in juntos.

Que tipo de Voluntariado faremos?

Temos como referência de Voluntariado, experiencias que podem prolongar-se durantes meses em locais fixos (instituições, comunidades e zonas), trabalhar de segunda a sábado e ter o domingo de folga. Nesta Aventura, teremos 1 a 2 dias direcionados exclusivamente para ações de Voluntariado. Dias esses que podem ser 2 manhãs, 2 tardes, ou 2 manhãs e 1 tarde, será consoante a dinãmica do grupo e a duração da viagem em si.

O Voluntariado deste Projeto é algo mais abrangente, natural, tranquilo e sem obrigações. As ações de voluntariado com o “Bamu Non?” serão diárias e espontâneas, cada aventureiro, dentro das suas competências profissionais e pessoais irá desenvolver no terreno o que sabe. Podem ir desde a entrega de bens, realização de curativos, partilha de saberes (culinária, agricultura, economia, matrimonial, etc.), apoio psicológico e empreendedorismo.

Todos os dias teremos ações de voluntariado, mas sempre em locais diferentes. Quando me perguntam sobre “que tipo de voluntariado iremos fazer?”, a minha resposta é sempre muito… heterogênea, pois tudo dependerá da capacidade pessoal e profissional de cada aventureiro que embarca com o “Bamu Non?”.

Contudo, qualquer pessoa com espirito de solidariedade pode fazer entrega de bens, ler uma história a um grupo de crianças, dar dicas sobre temas variados a um grupo de jovens ou adultos, ajudar a desparasitar um cão, ou simplesmente organizar um jogo com crianças. Se a tudo isto, juntarmos a experiência de um professor, um agricultor, um profissional de saúde, ou um empresário, com toda a certeza, que essa ação será ainda mais rica e proveitosa. Para participarem numa das viagens do “Bamu Non?”, que em Português quer dizer “Vamos?”, não precisam ter nenhuma qualidade extraordinária, basta ter veia solidária, gostar de viajar, ser amante da natureza, ter bom coração e espírito aventureiro.

 

“Como é que cada um pode mudar o mundo?

Tendo um ato aleatório de bondade, de cada vez”

Link

Posso levar algum material para as ações de Voluntariado?

Podes e deves. Aconselho todos os viajantes do “Bamu Non?” e comprarem sempre 1 mala de porão (23kg). Desta forma podem levar alguns bens que serão definidos quando se juntarem ao grupo de conversa. E no regresso, todos vão querer trazer frutas tropicais, artesanato etc.

Sou Vegetariano ou Vegan, como será com a minha alimentação?

Na lista de inclui e não inclui, está definido que o valor da estadia inclui as 3 principais refeições diárias e que não inclui alimentação especifica como é o caso dos vegetarianos, vegans ou outros tipos de alimentação expecifica. Contudo, E SEM COMPROMISSO, a mãe Joana tentará ajustar as refeições para esses aventureiros. Mas o ideal será levarem ou comprarem lá os bens alimentares específicos para esses regimes alimentares. Felizmente em São Tomé há uma variedade enorme de ervas e folhas medicinais que farão as delicias de todos.

Consulta do Viajante?

É recomendado a todos os aventureiros a consulta do viajante 4 a 6 semanas antes da partida. Não existem vacinas obrigatórias, no entanto há uma ou duas recomendadas. O médico dessa especialidade vai aconselhar sobre a farmácia pessoal e receitar a medicação da profilaxia do Paludismo/Malária.

O “Bamu Non?” recomenda a Dra Andreia Castro, uma médica com formação na área, experiência em voluntariado e conhecedora de mais de 70 países.

Consulta do Viajante

Preciso de visto para entrar em São Tomé?

Não necessitamos de visto para estadias inferiores a 15 dias.

Tenho filhos menores. Pagam o mesmo preço que os adultos na estadia?

As Crianças a partir dos 8 anos pagam o valor completo da estadia.

As Crianças até aos 8 anos (inclusivé) pagam apenas uma parte do valor da estadia.

Perigos?

Para além do “perigo” de te apaixonares pela ilha e pelos locais, há sempre cuidados a ter, quer seja onde moramos ou em África. Devem ouvir e acatar, todas as recomendações e conselhos do tour líder. Devemos evitar fazer festas os cães vadios, pois não têm vacinas e podem ter doenças como sarna e raiva. Embora a taxa de criminalidade de São Tomé seja baixa, não nos devemos por a jeito, pois existe bandidagem em todo o mundo. Ex. Não andar com dinheiro à vista, e nunca deixar bens valiosos à vista nos carros. Se virem um animal que não conhecem (insetos, rastejantes ou peixes), perguntem primeiro se não há perigo em tocar-lhe. Muito importante nunca mergulhar em rios ou cascatas sem estarem com alguém que conheça bem a zona. Nem nunca se aventurarem sozinhos na floresta. Recomendo que façam um seguro de viagem adequado à nossa aventura.

Tens mais perguntas ou dúvidas?

Envia um e-mail: [email protected] ou liga 966381171. Estou à disposição.

Contactos

Venha conhecer São Tomé e Príncipe

    Nome

    Email

    Assunto

    Mensagem

    Contactos

    +351 966 381 171

    Hamilton Costa
    [email protected]